segunda-feira, 24 de julho de 2017

Opinião | "A Mulher do Camarote 10", de Ruth Ware


Título: A Mulher do Camarote 10
Autor(a): Ruth Ware
Editora: Clube do Autor
Temática/Género: Literatura / Romance
N.º de Páginas: 344 páginas
Edição: 2017

Classificação: 4 estrelas



Sinopse:
Emocionante e compulsivo, este romance evoca o ambiente clássico dos policiais de Agatha Christie: um ritmo que aumenta gradualmente de tensão, a sensação de perigo iminente e um conjunto de suspeitos reunidos num único lugar.


A jornalista Lo Blacklock recebe um convite irrecusável: acompanhar a primeira viagem do cruzeiro de luxo Aurora Borealis. O serviço é exclusivo e a bordo estão vários empresários e pessoas influentes da sociedade. No entanto, a viagem ganha outros contornos para a jornalista. Certa noite, testemunha aquilo que acredita ser um crime no camarote ao lado do seu.



Desesperada, denuncia o ocorrido ao responsável pela embarcação. Ninguém acredita na sua versão, pois todos os passageiros continuam no navio. Blacklock decide investigar o crime por conta própria. Colocando a carreira e a própria vida em risco, ela não vai descansar enquanto não encontrar resposta para o mistério do camarote 10.


Booktrailer do Livro



Opinião:
Conheci o nome desta autora na minha recente viagem a Londres. Via o seu nome em todas as livrarias que entrei e até em publicidade nos transportes públicos. Quando descobri este livro na edição portuguesa fiquei muito curiosa em o ler, pois achei que seria uma leitura indicada para esta altura do ano e para incluir no desafio Book Bingo "Leituras ao Sol".

E não me enganei, pois foi uma boa leitura. Dizem que o Verão potencia leituras deste género literário. E talvez seja verdade. Um policial leve é indicado para esta altura do ano em que procuramos descontrair.

Gostei muito desta leitura. Um thriller com bastante ritmo e interessante. Um tipo de leitura que desde o início nos faz entrar em esquemas mentais para descobrirmos quem é o assassino. Automaticamente criamos a nossa própria história. Com uma escrita acessível, envolvente e nada aborrecida, a autora consegue cativar-nos para esta história de uma forma envolvente. Gostei do desenvolvimento que foram dados aos personagens, sentindo alguma empatia desde o início por algumas delas.

É, sem dúvida, uma boa leitura, perfeita para o Verão, mas que pode ser lida em qualquer altura do ano. Aconselho.

Boas leituras.



Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela Editora Clube do Autor em troca de uma opinião honesta. 


Esta foi uma leitura para o Desafio Literário Book Bingo "Leituras ao Sol", na categoria "Capa que te faz lembrar o verão".


6 comentários:

  1. Olá Isa,
    Fizemos uma excelente leitura conjunta e, sem dúvida, que é um excelente livro para se ler no verão.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Sim foi mais uma excelente leitura conjunta.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Olá Cláudia,
      É um bom livro para o verão. Espero que gostes.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Olá Isaura
    Que bom que tenhas gostado. Sabe sempre bem sermos surpreendidos por um novo autor.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,
      Foi mesmo bom. Uma boa leitura de verão. Mesmo indicada para as férias.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar