terça-feira, 29 de março de 2016

O Livro da Minha Vida # 4



Depois de uma pausa no blog hoje é dia do segmento Livro da Minha Vida. A convidada de hoje é a Márcia Balsas, dos blogues Planeta Márcia e Fugir para Ler e Escrever. A Márcia aceitou o convite do Jardim de Mil Histórias e falar de um livro que a marcou. Tarefa difícil, por sinal.

Um livro muito especial para mim, que me marcou muito. Aqui fica a sugestão da Márcia.




Nome: Márcia Balsas
Localidade: Montijo
Profissão: Blogger
Blog: Planeta Márcia e Fugir para Ler e Escrever

Livro da Minha Vida: Morreste-me, de José Luís Peixoto




"Para mim a melhor leitura é sempre a próxima, o melhor livro é o seguinte, e o livro da minha vida estará algures nesse futuro de livros que me esperam. Não é futurologia. É desejo de me maravilhar mais a cada livro.
Por isso me é tão difícil escrever este texto. Porque olho para os livros por ler como uma criança cobiça um doce, toco-lhes as lombadas e imagino tudo o que há para descobrir, sonho com palavras perfeitas, que me esperam, e fantasio um mútuo desejo de encontro.
Mas, para esta partilha, é na estante dos livros lidos que devo encontrar o livro para continuar este texto. Tenho de o saber, conhecer e, acima de tudo, de lhe ter sentido as palavras a encaixarem em mim como se já cá estivessem. Comigo funciona com a dor. Com outros leitores será o amor, a paixão, a melancolia, a felicidade. Eu preciso que as palavras me magoem, desorientem e tirem o sono. Preciso de ficar acordada ou, se dormir, de ser atormentada por sonhos feitos das frases que não esqueci, que nunca mais vou esquecer.
É um livro-verdade, construído de realidade, que li, reli e voltarei a ler. Sempre até ser, possivelmente e oficialmente, o livro da minha vida. É Morreste-me, de José Luís Peixoto."




Nome: Morreste-me
Autor(a): José Luís Peixoto
Editora: Quetzal
Edição: 2009
N.º Páginas: 64 páginas




Sinopse:
Morreste-me, texto que deu a conhecer o jovem escritor José Luís Peixoto, é uma obra intensa, avassaladora e comovente: é o relato da morte do pai, o relato do luto, e ao mesmo tempo uma homenagem, uma memória redentora.
Um livro de culto há muito tempo indisponível no mercado português.



Boas leituras!

8 comentários:

  1. Ois,

    Obrigado pela partilha desta mensagem parece-me uma rubrica bem interessante :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá fiacha,
      Sim é um livro lindíssimo.
      Obrigada :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigada eu Márcia :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Olá Isa,
    Este é daqueles autores que tenho muita curiosidade e agora ainda fiquei mais =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Este é também um livro da minha vida. Lindo, sem palavras. Aconselho mesmo.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  4. Olá,
    Já tenho lido opiniões muito boas sobre este livro e tenho alguma curiosidade em relação ao mesmo. Já o leste? É um livro tão pequenino que deve devorar-se num instantinho!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Sim, já o li. Aqui está o link da opinião: http://jardimdemilhistorias.blogspot.pt/2014/12/opiniao-leituras-antigas-morreste-me-de.html
      É muito pequeno sim, mas lindo. Adorei!
      É sem dúvida um dos meus livros preferidos de sempre. Fiquei contente com a recomendação da Márcia :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar