terça-feira, 28 de junho de 2016

Opinião | "Voo em Tons de Azul", de Eduardo Dinis


Nome: Voo em tons de azul
Autor(a): Eduardo Dinis
Editora: Chiado Editora
Edição: 2016
Colecção: Prazeres Poéticos
N.º Páginas: 108 páginas




Sinopse
A emoção omnipresente,
o amor às coisas simples!
Neste livro de poesia, há palavras encorpadas que espelham a singeleza dos sentimentos.
O autor traz consigo a veia poética do menino sonhador das terras quentes de África,
que brinca com barcos de papel e sacode
de si os dias cinzentos, na cor e luz do grande céu azul.
Do homem que, parecendo perdido
nas manhãs, nos dias e noites
de uma omnipresença de recordações,
se ganha em sonhos a acontecer.
E na imensidão de um coração grato de filho que, no mesmo tamanho de mundo, agradece ser pai.
A presença do sul quente e do azul céu
e mar, do olhar apenas à distância
dos sonhos, definem os caminhos.
E, em versos tocantes, o despertar
do amor, o sonho mais bonito:
Eu, tu e as estrelas.
Que este voo em tons de azul seja refrigério para os dias menos luminosos.

Opinião
Esta é a opinião difícil que alguma vez fiz. Tudo o que possa dizer sobre este livro pode soar suspeito, não só pela relação que tenho com o autor, mas pelo que significou para mim enquanto pessoa, mas sobretudo como leitora. Despertou em mim o gosto pela leitura e a fazer as minhas escolhas de uma forma muito simples. Sou a leitora que sou graças a este autor, que hoje tenho muito orgulho em partilhar a sua primeira obra. Mas já chega de sentimentalismos e vou falar daquilo que realmente importa: o livro.

Este é um livro de poesia. Um livro para se ir lendo e se ir saboreando durante o dia. Confesso que não leio tantos livros de poesia como no passado. Não por não gostar, mas pelo que (regra geral) me transmitem. Sempre que leio poesia fico nostálgica, pensativa e por vezes triste.

O autor neste livro fala da família, da sua infância em África, da terra que o viu crescer e formar-se como pessoa e profissional. Fala da solidão, do amor, do desejo, da morte e de saudade. É um livro muito emotivo e bonito para ler e reler.

Tudo o que possa dizer não é suficiente para transmitir aquilo senti ao ler este livro. Simples, bonito  e emotivo. Este foi o primeiro livro do Eduardo Dinis. Que venham mais.

Recomendo!

Extras
Podem adquirir este livro no site da Chiado Editora.


8 comentários:

  1. Viva,

    Ena é sempre bom podermos divulgar alguem que nos é especial como parece ser o caso :)

    Não faz bem o meu género mas parece interessante sem duvida :)

    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha,
      É isso mesmo :)
      Obrigada.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Fazem falta novos autores de poesia. E falta vontade para apostar mais na leitura deles, mas isso já é um problema meu. Nunca há tempo para tudo :)

    Obrigado pela dica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá João,
      Concordo plenamente. Eu também já li mais poesia, mas vou tentar mudar isso, porque vale mesmo a pena :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Olá Isa,
    É muito bom quando os livros nos tocam =)
    Gostei muito da tua opinião.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Sem dúvida. E quando são escritos por alguém especial ainda melhor :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  4. Olá Isa,
    É bom ler poesia e quando ela nos mexe com as entranhas é excelente. Mas melhor ainda é ser de escritores portugueses.
    Gosto de ler poesia, não leio todos os dias pois é algo que tenho que estar com o estado de espírito certo, acho que me entendes.
    Vou certamente ler este livro;)
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla,
      Sim leio pouca poesia, mas espero mudar isso em breve.
      Espero que leias e que gostes.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar