segunda-feira, 18 de julho de 2016

Opinião | "Diário das minhas viagens - visitas humanitárias em África, no Cambodja, no Paquistão e no Equador", de Angelina Jolie

Nome: Diário das minhas viagens - visitas humanitárias em África, no Cambodja, no Paquistão e no Equador
Título Original: Angelina Jolie's: notes from my travels: visits with refugees in Africa, Cambodia, Pakistan and Ecuador
Autor(a): Angelina Jolie
Editora: Casa das Letras
Colecção: Testemunhos
Edição: 2007
N.º Páginas: 152 páginas

Sinopse:
Em 2001, a actriz laureada Angelina Jolie aceitou um papel radicalmente diferente como Embaixadora da Boa Vontade para o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). 
Neste livro reuniu as recordações das suas viagens à Serra Leoa, à Tanzânia, ao Paquistão, ao Camboja e ao Equador, onde viveu, trabalhou e se dedicou de todo o coração aos que sofrem a violência e vitimização mais destruidoras do mundo. 
Aqui se encontram os seus testemunhos de alegria e entusiasmo no meio de pura destruição… apelativos instantâneos fotográficos de pessoas corajosas e inspiradoras para as quais a sobrevivência é a tarefa diária… e observações francas sobre uma peregrinação ímpar que alterou completamente a visão do mundo desta actriz - e o seu próprio mundo pessoal. 


Opinião:
Este livro não estava inicialmente nos meus planos para o mês. Mas aquando numa das muitas visitas à biblioteca vi este livro e achei que seria uma boa leitura adequado ao tema de viagens.

Novamente um livro de não-ficção onde a actriz Angelina Jolie conta um pouco das suas viagens humanitárias à Serra Leoa, à Tanzânia, ao Paquistão, ao Cambodja e ao Equador nos anos de 2001 e 2002.

Os relatos aqui apresentados são duros. As histórias de vida impressionantes, embora não explorasse muito este assunto. Conta como foi conhecer refugiados de lugares muito diferentes, mas com um objectivo em comum: uma vida melhor, sem guerras, nem fome. Conta também um pouco daquilo que sente ao falar com estas pessoas e da pessoa que se tornou depois destas experiências. Reconhecer e dar valor ao que se tem e ajudar o outro tornou-se num lema para esta mulher.

Estes relatos permitem-nos conhecer um pouco mais sobre a situação dos refugiados. E muito embora estas recordações sejam de há 10 anos atrás são bem actuais.

Gostei muito. 

Boas leituras.



8 comentários:

  1. Olá Isa,
    É sempre bom quando um livro nos surpreende positivamente =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Completamente :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Olá,
    Parece-me ser um livro bem interessante e de algum modo intemporal porque esses problemas continuam a existir.
    Vale sempre muito a pena ler livros destes!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Gostei bastante desta leitura, embora um pouco pesada. Mas acho que é bom lermos sobre estes assuntos.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Não permitem totalmente, mas eu acho bom lermos sobre estes assuntos. Conhecer só se conhece estando lá.
      Gostei da leitura e recomendo.
      Boas leituras

      Eliminar
  4. Viva,

    Fiquei com curiosidade confesso, a ver se consigo ler, quem sabe apareça uma oportunidade :)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha,
      Sim, lê se tiveres oportunidade. Depois vou querer saber a tua opinião.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar