quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Opinião | "Quanto tempo faltará para o abismo?", de Mário Cordeiro


Título: Quanto tempo faltará para o abismo?
Autor(a): Mário Cordeiro
Editora: Saída de Emergência
N.º de Páginas: 208 páginas
Edição: 2016
Classificação: 4 estrelas




Sinopse:
Um casal com dois filhos decide mudar de vida e ir viver para uma aldeia, numa pequena quinta. Ele é poeta e crítico literário, ela é pintora. Durante um dia nas suas vidas, uma sucessão de eventos desperta memórias profundas. Confrontado com uma leucemia em remissão, a morte entra e sai em diálogo constante.
Mas é o saber rural milenar transmitido pelas pessoas da aldeia que contamina o ambiente e influencia o casal com as suas visões do mundo num país em pleno processo pós-revolucionário e a dar os primeiros passos na democracia. O que lhes reserva o futuro?
Quanto tempo ainda lhes resta de felicidade num mundo em constante mudança?
 



Opinião:
Quanto tempo faltará para o abismo? é o romance de estreia do Pediatra Mário Cordeiro. Já há muito tempo que leio livros deste autor, embora técnicos e relacionados com a sua especialidade. Logo, quando este livro foi editado quis de imediato ler. Gosto da maneira como escreve, como expõe problemas e soluções e como aborda questões delicadas. Desta forma, fiquei muito curiosa com este seu primeiro romance.

Não desiludiu. Uma excelente narrativa, escrita muito fluída e bonita. Este livro fez-me reflectir sobre a morte e como a aceitamos. Como falar com os nossos filhos? Que alguém de que gostam está a morrer? Temas difíceis que o autor aborda de uma forma simples, prática e bonita.

Este livro tem a dose certa de tudo o que o livro deve ter. O equilíbrio perfeito entre o que podia ser demais e o que podia ser de menos. Um livro para ser bom não precisa de ser grande em tamanho, mas sim grande na sua escrita e na sua acção.

Recomendo.


Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela Saída de Emergência em troca de uma opinião honesta.


12 comentários:

  1. Olá Isa,
    Pela tua opinião pareceu-me um livro bem interessante e ainda bem que foi uma boa leitura.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Sim foi um bom livro sem dúvida :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Viva,

    Bem realmente lermos opiniões noutros locais ajudam-nos a que livros que aparentemente nos passavam ao lado fiquem como referências, quem sabe venha a ler, está registado e debaixo de olho, para já tenho dois novos da editora por ler, mas quem sabe na próxima.

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha,
      Sim foi um bom livro. Depois se puderes lê :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Viva Isaura. Parece ser um livro algo dramático, não?
    Abraço e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nuno,
      Obrigada pelo comentário.
      O autor trata o tema com muita leveza, por isso acaba por não ser tão dramático assim. Dê-lhe uma oportunidade. Quem sabe se não gosta :)
      Boas leituras.

      Eliminar
  4. Olá Isaura
    Não conhecia, mas parece realmente muito bom!
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,
      Sim gostei imenso.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  5. Olá,
    Parece ser mesmo o tipo de livro que vale mesmo a pena ler, principalmente pelo facto de abordar temas delicados e conseguir fazê-lo de uma boa forma. :)
    Fica anotada a sugestão!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Sim é verdade. Vale mesmo a pena ler. Se puderes lê.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  6. Olá Isa,
    Muito honestamente não conhecia o escritor nem o médico pediatra, mas confesso que após ler a tua opinião fiquei bastante curiosa com a temática do livro.
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla,
      Se puderes lê. Acho que vais gostar :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar