quarta-feira, 10 de maio de 2017

Opinião | "Viajante à Luz da Lua", de Antal Szerb


Título: Viajante à Luz da Lua
Autor(a): Antal Szerb
Editora: Guerra & Paz Editores
N.º de Páginas: 272 páginas
Edição: 2017
Temática/Género: Literatura/Romance

Classificação: 3,5 estrelas


Sinopse:
Mihály, um homem de negócios de Budapeste, vai passar a lua-de-mel em Itália com a mulher, Erzsi. Os problemas começam na primeira paragem, Veneza, mas é em Ravena que um antigo amigo de Mihály perturba o casal com histórias do passado. Ao perder o comboio para Roma, Mihály foge da mulher e vagueia pelo país, numa viagem de autodescoberta. Dividido entre o desejo e o dever, o que quer e o que os outros esperam de si, a boémia da adolescência e as responsabilidades de adulto, Mihály reencontra os seus fantasmas e questiona o sentido da vida.
Amor e morte cruzam-se neste romance trágico cómico de 1937, uma obra-prima do húngaro Antal Szerb, traduzida em diversos países, e que chega finalmente a Portugal.



Opinião:

Este livro conquistou-me pela capa. Há coisas assim. Que nos chamam, que nos puxam de uma maneira inexplicável. 

O sentimento por este livro é ambíguo. Se por um lado foi um leitura prazeirosa e agradável, por outro não senti empatia com as personagens, que no meu entender, têm personalidades complicadas e difíceis de lidar. Todas à sua maneira têm algo detestável e de adorável.  


Mihály é um homem mal resolvido consigo e com o seu passado. Com pouca auto-estima, tímido, mas por vezes com um ousadia que não se compreende. A sua esposa, Erzsi, é uma mulher frágil, dependente financeira e emocionalmente do seu marido, mas também das pessoas que estão à sua volta. 


Há que compreender que este foi um livro escrito numa época e sociedade diferente. Um livro que me fez pensar no percurso emocional da nossa vida e das suas implicações no futuro. Sermos autênticos, verdadeiros connosco próprios e o amor próprio é uma necessidade que se impera. Pela nossa saúde mental e das pessoas que nos rodeiam. 


Não deixem de ler que tem uma escrita muito bonita e agradável.


Boas leituras.




Nota:
Este livro foi-me disponibilizado pela Editora Guerra & Paz em troca de uma opinião honesta.


Para mais informações sobre o livro ver aqui.



8 comentários:

  1. Olá, Isaura,
    Acabei de o ler hoje e sinto-me um pouco como tu :D
    por acaso, tive alguma dificuldade em me ligar à história, até cerca de metade do livro - talvez porque seja difícil conectarmo-nos com as personagens, mas acabei por gostar. Gostei muito do estilo do autor, e da forma como me levou a reflectir sobre algumas coisas... Vou ver se consigo publicar a minha opinião daqui a pouco.

    beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Su,
      Pois foi isso mesmo. Mas acabei por gostar.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Olá Isaura
    Não conhecia, mas é sem dúvida um livro que conquista logo pela capa.
    E por dentro também parece ser bem interessante.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,
      A capa é mesmo bonita. A editora está de parabéns.
      Sim foi uma leitura muito interessante.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  3. Olá Isa,
    Parece uma leitura diferente e interessante. Talvez um dia.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Sim foi uma boa leitura. Como te compreendo :)
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  4. Olá,

    nada como experimentar, sugestão registada :)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha,
      É isso mesmo :) Espero que gostes.
      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar